sobre as primeiras vezes [as birras]






Não sei onde aprendeu a contorcer o corpo assim, a bater os braços e os pés com força, a fazer caras de zangada e a chorar lágrimas gordas. Esta bebé, que passava um dia inteiro praticamente sem chorar, agora faz disto: birras.

Apareceram de repente e cheira-me que são o resultado da frustração de querer chegar a tudo e não poder. Somando o calor ao sono, a coisa fica feia e a única maneira de a sossegar é por-lhe a chupeta e ir mudando o cenário, dar uma volta na praia, fazer caretas ao um espelho, espreitar pela janela ou ir até à varanda admirar os gatos. Esperando pacientemente que passe.

A Constança tem 9 meses e nós continuamos a adorar descobrir este mundo novo.

sobre as primeiras vezes [as birras]

verbos para o fim-de-semana

sobre as primeiras vezes [as birras]

30/52

Newer post

There are 4 comments

  1. F

    Como ainda não sabe falar, a única maneira que conhece para manifestar os seus desejos e desconfortos é essa a que nós adultos vamos chamando de birras.
    🙂

Post a comment