[o batizado da Constança] o resumo do dia

[o último post sobre o dia do batizado da Constança, um dos mais intensos e importantes das nossas vidas]

 






Primeiro, a cerimónia. Uma missa curta, na igreja que frequento desde miúda, celebrada só para nós. Teve a música, as pausas e os momentos que a família do meu tio H., o irmão mais novo do meu pai, preparou para este dia da Constança. O padre recebeu-nos bem, disse coisas importantes e envolveu-nos além do que contávamos. Foi emocionante.







Sempre quisemos fazer uma festa neste jardim. Uma festa bonita, com a família e os amigos, podia ser o nosso casamento [um dia], um aniversário ou podia ser o seu batizado da Constança. Perguntámos, insistimos e conseguimos: o jardim ia ser nosso por um domingo de Setembro.







Também queríamos, desde o primeiro dia, que fosse uma celebração com um cunho pessoal e intransmissível. Queríamos fazer as coisas de maneira diferente e aproveitar a proximidade dos nossos aniversários [dos três] para fazer uma festa única, mas maior, que nos permitisse reunir toda a família e os nossos amigos.








Então optámos por um formato menos formal e desafiámos os convidados a participarem, literalmente, no lanche. Fizemos uma lista e, em vez de presentes, pedimos aos familiares e amigos mais próximos que trouxessem a comida e a bebida. Toda a gente alinhou, excedendo todas as expectativas: nos petiscos, nas flores, na música e na decoração; quase tudo teve um dedo de cada um dos presentes.






Os balões que largámos ao céu levaram uma mensagem de saudade e de alegria ao todos os que já não estão fisicamente presentes: o pai Augusto, o avô Almeida, o avô Macedo, o tio Zé Pedro, o avô Alberto e a avó Kiki. Estão sempre no nosso coração.







Foi um dia muito feliz. Estavam quase todos presentes. O carinho com que se envolveram na preparação da festa tornou-a ainda mais especial. Mas o melhor de tudo foi estarmos ali, rodeados da família e dos amigos, a sentir esta energia boa que emana das pessoas que nos querem bem… e que está aqui:

Para terminar, fiquem a saber que o vídeo é da autoria da Raquel [We Blog You]; a ilustração, que foi a base das peças gráficas, é um trabalho original da Rita [Catita Illustrations]; a fotografia é da fotógrafa da família, Catarina [Ties]; a decoração e acima de tudo a mega produção esteve a cargo da Ana [Motinni] e o bolo foi confecionado pelas mãos da Sofia [Pontos de Açúcar]. A todas, muito obrigada.

 

[o batizado da Constança] o resumo do dia

o síndroma de check-in

[o batizado da Constança] o resumo do dia

uma árvore de natal [e um blog]

Newer post

There are 7 comments

  1. Mrs. DaCosta

    Maravilhoso!!! Eu sei que sou de lágrima fácil, e mais uma vez emocionei-me!!! Tenho a certeza que a Constança vai adorar um dia poder ver a festa linda que lhe prepararam! 🙂
    Beijinhos

  2. Supimpona

    Já não é a primeira vez que me delicio com os posts do batizado da Constança. É engraçado como não sou da família nem do grupo de amigos e me emocionei a ver o vídeo 🙂 Parabéns a todos e sobretudo à Constança que é super alegre!
    Beijinhos

Post a comment