impossible is nothing. so just do it.

Sonhei com coisas tão sexys como briefings, business plan, mapas de excel, fichas técnicas, consumos e matriz de produto. Acordei antes do despertador. Levei a filha ao colégio, o carro à revisão e antes das 10 já tinha feito 80 quilómetros. Pedi o [quase] impossível uma vez, a seguir outra e uma vez mais. Ainda ninguém me disse que não. Agora é fazer a minha parte e depois esperar. É meio dia e eu só vos digo: se eu consigo isto, então consigo tudo.

“Impossible is just a big word thrown around by small men who find it easier to live in the world they’ve been given than to explore the power they have to change it. Impossible is not a fact. It’s an opinion. Impossible is not a declaration. It’s a dare. Impossible is potential. Impossible is temporary. Impossible is nothing.” – do famoso discurso de Muhammad Ali [que a Adidas depois usou numa campanha em 2007], adaptado graficamente por Juan Osborne aqui.

o setembro das maratonas [e dos milagres]

o setembro das maratonas [e dos milagres]

[o melhor do meu dia de ontem] a minha mãe

[o melhor do meu dia de ontem] a minha mãe

Newer post

There are 2 comments

Post a comment