segunda-feira

segunda-feira, dia de sol e de almoço na avó. acordar tardio. cuidar de mim. imensamente agradecida à mãe e ao sogro por me terem proporcionado uma última noite sem miúdas. sono sem interrupções mas, ainda assim, cérebro lento, palavras gastas, corpo dorido, uma espécie de ressaca. o fim-de-semana de mercadito é o mais recompensador de todos. e o mais duro também. a Constança diz: a mãe foi trabalhar a Lisboa e o pai vem no avião. a Camila cresceu e engordou. saudades. delas, dele, nossas. pensar em agarrar num livro e deitar. ou então fazer um esforço e pesquisar para a viagem. não sei, acho que hoje não consigo pensar em mais nada. amanhã é um novo dia. boa noite.

segunda-feira

[spring-summer 15] sneak peak da coleção baby

destes dias crus

destes dias crus

Newer post

Post a comment