a minha casa

Se me perguntam qual o meu lugar preferido no mundo, eu digo: a minha casa. Eu adoro a minha casa [e olhem que é raro eu pronunciar a palavra “adoro”]. Dá-me muito prazer vivê-la e gosto de estar em casa. Não sou pessoa de passar um dia no sofá, de manta e pijama, não sou de todo; chega o fim-de-semana e só quero sair por aí. Mas depois gosto do regressar. Do estar. A falta que eu sinto de um serão a dois em casa, confortável, quente no corpo e no coração.
 a minha casa_2
a minha casa_3
 Ainda mais do que a viver, gosto de a decorar. Decoro sozinha e constantemente, nunca encaro uma casa como um projeto acabado, muito menos a última. Coleciono revistas. Misturo coisas do Ikea com peças de família, umas com bastante valor até, outras que nada valem mas que eu quero precisamente por serem toscas ou por terem vindo de uma cozinha ou de uma casa de alguém que me é próximo. E vou mudando as coisas de lugar até lhes encontrar o sítio perfeito.

a minha casa_5Costumo dizer que entrar na casa de uma pessoa é como entrar na sua alma. Para mim, é uma das melhores formas de conhecer alguém [a outra é pela música]: mais do que para ver o que tem ou o que deixa de ter, entrar na casa de uma pessoa é ter o privilégio de observar como vive. Como está. Como dispõe os móveis, como procura a luz, que cores privilegia, que objetos gosta de colecionar, o que exibe e o que esconde. Uma casa tem muito que se lhe diga. Digo eu.

Pensava eu em tudo isto quando me surgiu: já que gosto tanto de receber e não o posso fazer a que está desse lado do ecrã [e que até já me vai conhecendo bem], então por que não abrir as portas da minha própria casa para que me possam conhecer um bocadinho melhor? Pois bem. Hoje fica um cheirinho da cozinha. Em breve, irei de divisão em divisão, num tour por esta minha casa, sem pudores. Afinal, depois do que escrevo aqui, pouco mais tenho a esconder.

[fotografias por Rita P. Braga para Ma Petite Princesse]

domingo

domingo

bom dia

bom dia

Newer post

There are 5 comments

  1. sandra palma

    Olá , GOSTEI IMENSO DE CONHECER UM POUCO DA SUA CASA,MESMO PORQUE FIQUEI ESPANTADA AO PERCEBER QUE OS AZULEIJOS SÃO IGUAIS AOS DA COZINHA DA MINHA MÃE E A CASA JÁ TEM MAIS DE 30 ANOS, NÃO SEI SE É O CASO MAS O CERTO É QUE NUNCA OS VI NOUTRA CASA!!

  2. Maria

    Muito obrigada por me ter deixado entrar na sua casa ! É tao bom e repousante para mim entrar todos os dias um pouco neste seu maravilhoso mundo de bébés, casa, trabalho, medos,que no fundo nós todas maes trabalhadoras e muitas vezes a solo tambem ,Revejo-me em tanta coisa … Bem haja Ana.

  3. Susana São João

    Podia ter sido eu a escrever estas exactas palavras. Até no estilo de casa com mistura de Ikea com peças de familia que me dizem muito. A melhor das heranças.

  4. Edna Morais

    Adorei a sua descrição de casa, acredito que só entra em nossa casa quem queremos que faça parte da nossa vida, que nos conheça um bocado melhor. Revi-me, gosto de tudo no seu sítio – paranóias , mas adoro receber ao mesmo tempo, da casa cheia de movimento, depois quando acaba voltar a por tudo no seu devido lugar.
    Vou gostar de “conhece la” mais um pouco. Começou pela minha divisão preferida, adoro cozinhas. É o meu sitio preferido da casa.

Post a comment