dia 1 [serenidade e bonança]

blog_grace_natal_323blog_grace_natal_278 Primeira noite de 2016. Estou com as miúdas, eu, a televisão e o meu sofá, a descansar da folia, dos doces, destes dias seguidos sentada à mesa. Às 10h da noite finalmente peço o jantar e consigo silêncio nesta casa. Demasiado excitadas com as festas dos últimos dias, com o entra e sai, tanta gente, barulho e brincadeiras com as primas, só agora dormem sossegadas, inocentes, indiferentes ao meu cansaço e pensamentos; estes dias foram tão intensos que o melhor a fazer agora é dormir.

Abro a janela para respirar um pouco de ar e sentir o frio que afinal se faz em dezembro. É tempo de fazer o balanço do ano, exercício que me parece cada vez mais difícil comparado com anos atrás, onde o entusiasmo e a ligeireza prevaleciam. 2015 foi tão cheio e emocionante e eu estou tão desgastada que me é difícil prever o próximo levemente. Não estou deprimida, não se confundam, estou só introspectiva. E também a sentir falta do abraço do Bernardo. Passar o ano sem ele custou-me.

blog_grace_natal_294 blog_grace_natal_327Em 2015 aconteceram coisas incríveis, a começar pelo nascimento da Camila que, por sua vez, foi o culminar da maior volta nas nossas vidas. 2014 foi o ano da mudança: o empreendedorismo a tempo inteiro, a segunda gravidez, a maternidade a solo. Em 2015, a adaptação, os ajustes a uma vida dupla, as novas rotinas e muitas [ainda] dores de crescimento. Porque o que é verdadeiramente importante, essencial, dá um enorme trabalho. Mas é muito bom. Grata, nunca fui tão grata pelo que tenho.

E o que tenho, eu, hoje? Esperança. E entusiasmo. Brilho nos olhos porque há sonhos e planos e desejos. Há um lugar para chamar de casa, um país para descobrir, uma língua para aprender. Há um negócio para fazer crescer, pessoas com quem quero trabalhar, ideias para colocar em prática. O batizado da Camila para celebrar, amigos para acarinhar, uma família grande, a nossa, para amar com toda a fé, força e coragem.

blog_grace_natal_290blog_grace_natal_263Há tanto, mas tanto de bom à minha espera que, para 2016, eu peço exatamente o mesmo de há 365 dias atrás: serenidade e bonança. Ou melhor: a serenidade para usufruir da bonança. Chega de caos e de tempestade. A vida é boa, caramba. E já que a vivo em duplicado [dois países, duas cidades, duas casas], que também o bom seja a dobrar. Feliz 2016, pessoas que me agora me lêem. Obrigada por estarem aí.

Constança: blusa, casaco e touca Grace Baby&Child, saia em bombazine Les Enfantines, botas safari Pisamonas * Camila: fofocasaco e touca Grace Baby&Child, sapatos estilo inglês Knot

[fotografias de Rita P. Braga para Grace Baby&Child]

ter um blog também é bom por isto: dar e receber

ter um blog também é bom por isto: dar e receber

dia 1 [serenidade e bonança]

[viajar com crianças] mais 6 dicas para o avião

Newer post

There are 2 comments

Post a comment