[escrever para não esquecer] 15 meses


A Constança fez 15 meses ontem. Para assinalar mais um mês de vida, faço o habitual registo dos seus gostos e, para ser diferente, das suas primeiras palavras:

Gosta de:
abrir os armários do corredor e tocar ao de leve na loiça, só para nos testar

lavar os dentes
livros [a sua mais recente descoberta]escolher a história para “lermos” antes de ir dormir
comer, comer, comer… [não pode ver comida!]

Já diz:
oiá [olá]papo [sapato]áua [água]papa [e abre e fecha a boca e faz um som tipo nham nham]papá [é a palavra preferida]mamã [mas não me chama lá muito]iête [este, acho eu]bebé [a prima, os meninos e os bonecos dos livros são todos bebés]bubu [avô]bobó [avó]

15 meses de Constança. O tempo voa. O tempo voa!


4 comentários a “[escrever para não esquecer] 15 meses”

  1. A minha sogra conta-me sempre a história de uma colega que queria que a filha aprendesse a dizer papá cedo e mamã bem tarde. Quando lhe perguntavam porquê ela respondia “é que assim quando acordar durante a noite chama o pai e não a mãe!!”. ;P

    Muitos parabéns à princesa! <3

  2. Oh páh adorei o registo das palavrinhas que ela já diz. Tenho uma afilhada assim pequenina e é tão engraçado ler isto.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *