aos 36 [hoje]

Aos 36 já não se recebe presentes como aos 6 e o dia é passado entre afazeres inadiáveis. Aos 36, a melhor surpresa é ir buscar o maridão ao aeroporto e tê-lo em casa por dois dias, mesmo que isso obrigue a levantar de noite. Aos 36, dá-se ainda mais valor ao almoço na casa avó e aos biscoitos que a parceira, atenta, soube serem os meus preferidos. Depois, os telefonemas e as mensagens dos amigos, uma ou outra prenda sem contar e um jantar a dois. Não é preciso muito mais. Não há copos nem farra, hoje o programa perfeito é mesmo ir cedo para a cama. Faço 36, ainda são 11 e escrevo já deitada. Pelo menos um desejo para este dia eu vou conseguir cumprir: dormir.

[wishlist] um livro deste senhor

[wishlist] um livro deste senhor

hotel azul [o lugar onde acabámos por não ficar]

hotel azul [o lugar onde acabámos por não ficar]

Newer post

There are 2 comments

Post a comment

This error message is only visible to WordPress admins
Error: No users set.